Cada vez mais preocupados em viver com qualidade e bem-estar, hoje os consumidores experimentam novas mudanças no mercado imobiliário. Tais movimentos já eram percebidos há anos, mas ficaram mais intensos com a chegada da pandemia do novo coronavírus. 

Isso porque a necessidade de distanciamento e de isolamento social fez as pessoas ressignificarem o conceito de lar e mudou as exigências do consumidor. Hoje, além de qualidade de vida, as pessoas querem sustentabilidade no mercado imobiliário.

A preocupação com o meio-ambiente fez com que o setor de construção civil passasse a erguer empreendimentos com áreas verdes e funcionalidades que vão de encontro ao conceito de sustentabilidade. Dentre as iniciativas estão o uso de energia solar, acabamento com materiais ecologicamente corretos, serviço de bike share e muitas outras que, hoje, podem caracterizar mercado imobiliário de luxo.

Desta forma, o que antes poderia ser resumido em metragem ampla e acabamento com materiais nobres, hoje o investimento é feito em qualidade de vida, conforto e bem-estar. 

Nesse texto, você vai descobrir:

  • Características de empreendimentos sustentáveis
  • Benefícios de morar em um condomínio sustentável
  • Como cada morador pode fazer a sua parte

Leia também: Descubra os tipos de imóveis mais procurados durante a pandemia

Características de empreendimentos sustentáveis

Antes, os imóveis e empreendimentos tinham a preocupação de oferecer um acabamento durável, metragem confortável e áreas de lazer. Hoje, um dos pilares da construção civil passou a ser a sustentabilidade. Essa mudança aconteceu porque as exigências dos consumidores mudaram e, hoje, as pessoas preferem firmar parceria com empresas que estão alinhadas aos seus valores. 

Dentre as tendências, o paisagismo é uma das que mais chamam a atenção. Pela estética dos edifícios e condomínios e pela sensação de proximidade com a natureza, a fachada e o interior dos prédios hoje contam com projetos de área verde que purificam o ar e deixam as áreas mais bonitas. 

Outra iniciativa que tem sido cada vez mais comum nos lançamentos das construtoras diz respeito ao consumo de energia. Visando utilizar cada vez menos recursos naturais, a captação de energia solar é um chamariz para quem quer economizar na conta de luz e, de quebra, ajudar o meio-ambiente com ações de sustentabilidade. 

Além disso, para promover a qualidade de vida dos moradores, as construtoras têm investido em varandas, janelas amplas e cômodos integrados que possibilitem a entrada de luz natural, principalmente pela manhã. Tal medida torna o ambiente mais saudável e, assim como a energia solar, também contribui para que sejam utilizados os recursos naturais do planeta. 

No mesmo sentido da economia de água, a reutilização da água da chuva tem sido outro critério para consumidores mais exigentes: com essa medida, é possível realizar a higiene dos espaços comuns sem precisar gastar litros d’água.

Benefícios de morar em um condomínio sustentável

Além de contribuir para um mundo mais sustentável e benéfico para as próximas gerações, morar em um condomínio sustentável traz diversos benefícios aos moradores. Confira abaixo alguns deles e veja por que você deve optar por morar em um empreendimento comprometido com esta causa. 

Economia com energia elétrica

Como falamos acima, ações sustentáveis ajudam você a tirar menos dinheiro do bolso. O uso de energia solar diminui o valor da conta de energia elétrica e ainda reduz os impactos ambientais desta forma de captação. 

A economia também pode ser observada nas ações que permitem a luz natural nos ambientes internos das casas e apartamentos. 

Desta forma, você não precisa acionar o interruptor no meio do dia e aproveita todos os benefícios que a luz natural oferece, como ar puro, ambientes arejados, casa mais bonita e ambientes mais frescos.

Economia com o uso de água

Além do reuso da água da chuva, a sustentabilidade no mercado imobiliário prevê outras ações importantes e que trazem benefícios na conta de água do morador.

Dentre as medidas estão o uso de torneiras com temporizadores, que controla o acionamento do utensílio doméstico e evita que você deixe a água escoar por muito tempo.

Os empreendimentos mais modernos também contam com descarga de duplo acionamento, permitindo que o morador escolha o volume de água que deve ser utilizado. A diferença é grande: enquanto uma opção libera seis litros de água, a outra consome 14 litros. 

Redução da taxa de condomínio

A taxa condominial é uma das principais queixas de quem escolhe morar em um condomínio. Quando você opta por exigir sustentabilidade no mercado imobiliário, no entanto, há impactos positivos também neste quesito. 

As economias que acontecem por meio de medidas de sustentabilidade são inúmeras e acontecem por conta do uso de materiais ecologicamente corretos e da destinação esperada dos resíduos. 

Além do custo do condomínio com as contas de água e luz, os moradores conseguem ver a diferença no número de manutenções periódicas, uma vez que esses materiais têm maior durabilidade e bom desempenho. Podemos citar, por exemplo, as lâmpadas de LED, o bioconcreto, a argamassa de argila e as iniciativas que oferecem isolamento termoacústico. 

Como cada morador pode fazer a sua parte?

Ainda que você tenha optado por empreendimentos que valorizam a sustentabilidade no mercado imobiliário, é importante que sejam inseridos no cotidiano hábitos sustentáveis. Para isso, você deve se preocupar em separar os tipos de lixo, evite deixar luzes acesas e não desperdiçar água.

Além disso, é importante, sempre que possível, diminuir o uso de veículos nas ruas e optar por caminhadas, transporte coletivo ou bicicletas. Essas medidas diminuem a liberação de gases tóxicos na atmosfera e fazem com que você adquira hábitos mais saudáveis. 

Viu como a sustentabilidade no mercado imobiliário já é uma realidade? Que tal começar a pensar em um futuro com maior qualidade de vida e menos impactos no meio-ambiente? Fale com a gente e veja as nossas opções de empreendimentos sustentáveis. 

Leia também: Três Lagoas é uma das melhores cidades para investir em imóveis no Brasil